Site Autárquico Loulé

Conferência: “O Documento que se segue: Práticas de cura nos tempos de peste numa vila do Antigo Regime: o caso de Loulé."

Por Luís Ribeiro Gonçalves

15 de fevereiro de 2020

15h00

Arquivo Municipal de Loulé

Org.: Câmara Municipal de Loulé

 

 

 

O papel das Instituições nas práticas de cura (peste)

 

 

As pestes deixaram profundas marcas no território algarvio ao longo dos séculos. O que nos propomos analisar é como se organizou a assistência em tempos de doença, observando a actuação das instituições e dos seus oficiais em episódios epidémicos, mas também ambientes endémicos, onde os cuidados da saúde foram essenciais para assegurar o bem comum das populações. Nesse sentido, a partir do exemplo de Loulé, iremos examinar o papel das câmaras, dos hospitais e das misericórdias, nestes contextos, reconhecendo que muitas deles actuavam em articulação com outros lugares no Algarve e até no reino. Por outro lado, iremos verificar qual foi o papel dos físicos, cirurgiões, boticários, sangradores, barbeiros e muitos outros curadores ou curadeiros que compunham o mercado de cura local.

 

Local do evento