Site Autárquico Loulé

Conto de Sophia de Mello Breyner Andresen, com encenação de Ricardo Neves-Neves, no Cine-Teatro Louletano

Conto de Sophia de Mello Breyner Andresen, com encenação de Ricardo Neves-Neves, no Cine-Teatro Louletano

Cultura

14 de novembro 2019

No âmbito das Comemorações do Centenário de Sophia de Mello Breyner Andresen (1919-2019) e do programa elaborado conjuntamente pelos Municípios de Lagos e Loulé, o Cine-Teatro Louletano recebe, nos próximos dias 17 e 18 de novembro, uma adaptação do conto “A Menina do Mar” para teatro e música, onde cinco atores e nove músicos percorrem a história de amizade entre um rapaz que vive em terra e uma menina que vive no mar, e a curiosidade que ambos têm sobre o mundo do outro.

“A Menina do Mar” é o primeiro conto de Sophia de Mello Breyner Andresen para a infância e também uma das suas obras mais lidas. É um dos títulos mais amados de Sophia que se transforma em conto musical, com atores e músicos a percorrer a história de uma menina que vive no mar – curiosa pela vida em terra –, de um menino que vive em terra – curioso pela vida no mar – e do encontro improvável entre estes dois mundos. Não faltarão nesta fantasia um simpático peixe clarinetista, um desconfiado caranguejo saxofonista, um misterioso polvo fagotista e tantos outros seres fantásticos, reunidos sob o olhar grave do contrabaixista, o Rei do Mar. Levanta-se a questão: será possível chegar a um acordo para que seja possível viver em harmonia?

Pensada para o público infanto-juvenil, especialmente crianças em idade escolar do 1.º ciclo, para quem este conto faz parte do Plano Nacional de Leitura, “A Menina do Mar” é a segunda incursão do Teatro do Eléctrico e do encenador Ricardo Neves-Neves (depois de “Alice no País das Maravilhas”) no teatro “para todos”. Concebido para comemorar o centenário da autora, o espetáculo conta com a direção musical de Martim Sousa Tavares (neto de Sophia de Mello Breyner Andresen) e música de Edward Luiz Ayres d’Abreu, numa coprodução do LU.CA – Teatro Luís de Camões, Câmara Municipal de Lagos, Câmara Municipal de Loulé, Câmara Municipal de Guimarães, Teatro Municipal de Ovar, Galeria da Biodiversidade e Teatro Municipal do Porto.

Para além da sessão do dia 17, pelas 17h00, destinada a famílias e público em geral, haverá também duas sessões dedicadas às escolas, na segunda-feira, dia 18, pelas 10h00 e às 14h00.

O preço associado por pessoa para a sessão no dia 17 (domingo) é de cinco euros e o espetáculo tem a duração prevista de 60 minutos. Para as escolas o evento é de entrada gratuita.

Para mais informações e reservas os interessados podem contactar o Cine-Teatro Louletano pelo telefone 289 414 604 (terça a sexta-feira, das 13h00 às 18h00) ou pelo email cinereservas@cm-loule.pt. Além disso, podem consultar a sua página de facebook – www.facebook.com/cineteatrolouletano ou o seu renovado website http://cineteatro.cm-loule.pt, ambos em permanente atualização, bem como a sua conta no instagram (cineteatrolouletano), existindo também a possibilidade de compra de ingressos nos locais aderentes ou on-line através da plataforma BOL, em https://cineteatrolouletano.bol.pt/

O Cine-Teatro Louletano é uma estrutura cultural no domínio das artes performativas da Câmara Municipal de Loulé e está integrado na Rede Azul – Rede de Teatros do Algarve e na Rede 5 Sentidos.